Para uma melhor experiência, mude seu navegador para CHROME, FIREFOX, OPERA ou Internet Explorer.

Castrar ou não o meu animal? :: Meu Bicho em Casa

[ad_1]

 

  A castração dos animais é extremamente benéfica em vários aspectos. Depois dela você poderá ficar despreocupado quanto a possibilidade do seu bichinho dar “aquela escapadinha” e acabar gerando  um monte de filhotes com os quais você acabaria sem saber o que fazer. Vale lembrar que a ausência de controle populacional é uma das principais causas do crescimento do número de cães errantes (de rua) em várias partes do mundo.

  Para os desavisados, preciso dizer que os animais também podem manifestar algumas doenças sexualmente transmissíveis (não são as mesmas DSTs dos humanos). Na castração dos animais são retiradas as suas respectivas glândulas sexuais  (testículos nos machos e ovários nas fêmeas), por esse motivo eles perdem a libido e não terão mais interesse em relações sexuais. Dessa forma evita-se a transmissão do TVT, (Tumor Venéreo Transmissível), por exemplo. 

  Nesse post quero frisar a importância da castração especificamente para as fêmeas. 

  A castração, quando ocorre antes do primeiro cio, reduz em 99,5% as chances de ocorrência de tumores mamários, dos quais grande parte pode ser maligno, ou seja, câncer. Quanto mais tarde a castração vier a ocorrer, menores são as chances de evitar essa grande ameaça à vida da sua amiga.

  Outra ameaça à vida das fêmeas (cadelas e gatas) não castradas é a ocorrência de piometra, uma infecção uterina grave que ocorre devido à ação de um hormônio reprodutivo chamado progesterona. Fêmeas não castradas, principalmente as de média idade e as idosas tem maiores chances de desenvolverem a doença. E   quando instalada trata-se de um quadro de URGÊNCIA, ou seja, se não sofrerem intervenção cirúrgica imediatamente, a tendência é a de que o animal morra pouco tempo depois da doença instalada.

  Eu costumo recomendar a todos os meus clientes proprietários de fêmeas, desde que não tenham a intenção de ter crias, a castrá-las o quanto antes, pois assim eliminarão muitos riscos à vida à vida do animal.

Mesmo assim ainda sugiro a deixarem a reprodução por conta de profissionais que tem estrutura e preparo para lidar com os desafios dos cuidados com uma ninhada de recém nascidos. A gestação pode exigir vários cuidados que nem sempre os amadores estão prontos a enfrentar.   

—————

Voltar


[ad_2]

Source link

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Anúncios Recentes
Rottweiler
Kz100,000.00 (Negociável)
Labradores puro
Kz60,000.00 (Fixo)
Crias de Rotweiler disponíveis para venda imediata
Kz100,000.00 (Fixo)
Topo