Para uma melhor experiência, mude seu navegador para CHROME, FIREFOX, OPERA ou Internet Explorer.

Pensando em adotar um animal? :: Meu Bicho em Casa


A adoção de animais domésticos é, sem dúvidas, uma das mais nobres atitudes que se pode ter quando a intenção é ter um bichinho em casa. Se o “felizardo” ainda não for um filhote ou for portador de alguma doença a ação se torna ainda mais digna de aplausos, embora seja algo praticamente impossível de acontecer, segundo a grande maioria dos protetores. Não quero parecer estar condenando aqueles que preferem comprar um animalzinho com uma raça definida, em pet shops, canis ou qualquer outro estabelecimento do gênero. Apenas quero mostrar que a adoção é uma possibilidade que pode (e deveria) ser considera antes de comprar um cão ou gato. Eu acredito que o processo de escolha do bichinho certo é bidirecional, não apenas os humanos escolhem o animal, eles tambem nos elegem como a família ideal. Já pensou se esse “amor a primeira vista” acontece com você? Quando há dúvidas sobre adotar ou comprar um filhote é bem verdade que, em alguns casos, a aquisição de um animal (normalmente cão) do qual já se conhece o potencial de crescimento é mais conveniente visto que a sociedade moderna impõe limitações de espaço físico que são bastante restritivas na escolha do mascote. Para quem mora em um apartamento de 46 m² como eu, por exemplo, não seria prudente adotar um filhote que poderia crescer muito e ultrapassar a faixa dos 15 Kg. Se isso acontecesse, eu estaria comprometendo a qualidade de vida desse animal. Numa situação como essa o mais indicado seria a compra de um filhote de uma raça de pequeno porte (Shih-Tzu, Poodle, York Shire, Pinsher etc.) ou a adoção de um adulto de medidas pequenas. Contrariando o pensamento de muita gente, é possível educar um animal adulto e adequá-lo à rotina da família, embora seja um tanto mais difícil. Um fator importante a ser avaliado é o temperamento desse animal, principalmente no caso das famílias que tem crianças. Em alguns casos os animais que aguardam adoção tem histórico de maus tratos que geram diversos traumas que podem implicar em comportamento agressivo que podem trazer problemas futuros. A minha experiência no atendimento clínico e anestésico me permite afirmar que a grande maioria das pessoas que adotaram cães e gatos, muitas vezes encontrados em situações lamentáveis, não se arrependeram. Na verdade estão muito satisfeitos com a relação construída pois são evidentes as demonstrações de carinho e gratidão que esses bichinhos tem pelos seus bem feitores. Sugiro que quem estiver disposto a ter a dádiva da presença de um animal na sua família se proponha a se despir de possíveis preconceitos e comece visitando alguns abrigos, garanto que não haverá arrependimentos. Se tiver dúvidas, críticas ou sugestões estarei a disposição para discutirmos.

—————

Voltar




Source link

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Anúncios em destaque
Anúncios Recentes
Rottweiler
Kz100,000.00 (Negociável)
Labradores puro
Kz60,000.00 (Fixo)
Crias de Rotweiler disponíveis para venda imediata
Kz100,000.00 (Fixo)
Crias de Rotweiler disponíveis para reserva
Kz350,000.00 (Negociável)
Labradores puro
Kz90,000.00 (Negociável)
Topo