Para uma melhor experiência, mude seu navegador para CHROME, FIREFOX, OPERA ou Internet Explorer.

Pet place: os animais de estimação vão amar

[ad_1]

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos Para Animais de Estimação (Abinpet), os lares brasileiros já abrigam mais de 144 milhões de pets. Você deve imaginar que os cães são a maioria – e é isso mesmo – mas outros tipos de animais têm conquistado um bom espaço. 

Assim, a preocupação com o bem-estar dos animais fez a sociedade se adaptar à presença constante deles. Já reparou como shoppings, lojas, espaços públicos, locais de trabalho e até restaurantes se empenham para ganhar o rótulo de amigável para os animais de estimação – ou pet friendly, como se diz mundo afora? É que, mesmo fora de casa, os pets continuam sendo parte da nossa vida e nós gostamos de tê-los sempre por perto. 

Continue a leitura e descubra como deixar seu bicho de estimação mais feliz.

O que é um Pet Place?

Os condomínios mais modernos já disponibilizam espaços para os pets se exercitarem e brincarem livremente. Chamados de pet place, pet care ou espaço pet, esses locais são forrados por grama e equipados com rampas, pequenas escadas, brinquedos, obstáculos de corrida e outros atrativos que os pets amam. 

Para frequentar esses locais, é importante levar saquinhos para coletar fezes do seu bichinho e uma garrafinha com água para jogar no xixi e atenuar o cheiro. Como vários animais frequentam o espaço, os cheiros podem ser bem estimulantes para marcação de terreno. 

Respeitadas essas regras de etiqueta, frequentar esses espaços só traz vantagens:

  • Promove a saúde física e mental do pet
  • Socializa e reduz agressividade, ansiedade ou timidez excessivas
  • Combate o sedentarismo e a obesidade
  • É um espaço seguro, livre do risco de fuga e de atropelamentos
  • Incentiva a convivência entre os moradores

A Tecnisa pensa no melhor para o seu animal de estimação

De acordo com o IBGE, já temos mais cães e gatos do que crianças nos lares brasileiros. Pensando nisso, a Tecnisa também valoriza o bem-estar dos pets e cria espaços modernos e funcionais para eles. 

Os pet places da Tecnisa são criados de acordo com as necessidades dos animais de estimação. Por isso, os que vivem em empreendimentos da Tecnisa são mais felizes porque têm à sua disposição um cantinho idealizado para seu entretenimento e gasto de energia. 

Dessa forma, eles ficam mais tranquilos, sem aquela rebeldia causada por excesso de energia acumulada. Se você levar seu bicho de estimação regularmente para brincar no pet place, verá que ele não se interessa mais em destruir a mobília, seus calçados e o seu sossego. E cães mais calmos podem latir menos. 

Conheça alguns projetos by Tecnisa com pet place:

– Astral Saúde 

– Highlights Campo Belo

– Highlights Jardim Prudência

Os animais de estimação mais comuns no Brasil

O pet mais comum na casa de um brasileiro é o cachorro, com 55,9 milhões, seguido pelas aves canoras (aquelas que cantam harmoniosamente) e as ornamentais, que representam 40,4 milhões. Os gatos totalizam 25,6 milhões e os peixes, 19,9 milhões. Outros tipos de animais de estimação exóticos, como coelhos, furões e iguanas, por exemplo, somam 2,5 milhões. 

Esses números revelam que mais da metade da população do país tem pelo menos um animal em casa. A pandemia estimulou a vontade de ter um bichinho (e uma companhia) em casa, o que aumentou essa representatividade em 30%, com destaque para os répteis e pequenos mamíferos. A adoção, que já era uma tendência, ganhou ainda mais força.

[sugestão: infográfico ou alguma representação visual da representatividade dos animais citados nos domicílios brasileiros]

Conheça alguns animais de estimação perfeitos para apartamento

Animais de estimação em apartamento: o que diz a lei?

Quem mora em apartamento pode ter dúvidas quanto às regras para ter animais de estimação. Posso ter mais de um pet? Quem mora em apartamento só pode ter animais de estimação pequenos? Como fazer com os latidos? Posso ter um animal exótico? Siga a leitura para esclarecer as principais dúvidas sobre animais de estimação em apartamento.

O condomínio pode proibir a presença de pets?

Nenhuma lei proíbe ou limita em porte ou quantidade a criação de animais em apartamentos, mas é preciso sempre ter bom senso. Ou seja, o animal não pode oferecer risco a quem mora ou trabalha no condomínio. Então, não importa se é uma cobra, um pássaro ou um cachorro: não pode circular solto pelas áreas comuns. 

Algumas raças de cachorro, por exemplo, só devem transitar nas áreas comuns com focinheira, quando a lei assim determinar, mas todas devem estar com a guia. É importante conhecer o regimento interno do condomínio para saber o que você pode ou não fazer com seu pet. 

Além disso, as áreas comuns podem ter restrição de circulação de animais, como o playground, a piscina e o elevador social. Mas ninguém pode te obrigar a carregar o animal no colo para se deslocar do seu apartamento até sair do prédio: isso é constrangimento ilegal e é uma prática abusiva. 

E se os vizinhos reclamam que o cachorro late muito?

Viver em condomínio é um exercício de empatia e tolerância. E isso é um desafio para quem tem um cachorro que late muito e gera reclamações dos vizinhos. Se esse comportamento é novo e o pet está saudável, os motivos mais prováveis para o barulho são tédio, energia acumulada, necessidade de atenção e frustração. Nestes casos, algumas dicas podem ajudar.

  • Deixar o animal de estimação em um daycare para gastar energia e brincar enquanto você trabalha
  • Contratar os serviços de um dog walker para passear com seu pet
  • Adestrar o cachorro para que ele saiba como agir em casa 
  • Providenciar brinquedos e petiscos para que ele fique entretido quando sozinho
  • Se o seu condomínio possui pet place, leve o seu cachorro todo dia para esse espaço, mantendo o tranquilo e entretido

Posso ter um animal exótico?

Quem regulariza o mercado de animais exóticos é o IBAMA com as Secretarias Municipais do Meio Ambiente. Alerta de spoiler: já tem que começar do jeito certo, porque não é possível legalizar um animal adquirido na ilegalidade. 

Alguns animais considerados exóticos, como lhama, chinchila ou hamster não precisam de autorização (confira a lista aqui). Se o pet dos seus sonhos não consta nesta lista, você só poderá adquiri-lo de um criador credenciado pelo órgão estadual/distrital.
Neste caso, a nota fiscal de compra deve informar a espécie e marcação do animal e tem que estar acompanhada de certificado de origem. Algumas espécies, como as cobras, também precisam ter um chip de rastreamento. E um detalhe: a propriedade desse animal não permite a reprodução! Nada de filhotinhos da sua iguana em casa, ok?

[ad_2]

Source link

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Anúncios em destaque
Anúncios Recentes
Rottweiler
Kz100,000.00 (Negociável)
Labradores puro
Kz60,000.00 (Fixo)
Crias de Rotweiler disponíveis para venda imediata
Kz100,000.00 (Fixo)
Crias de Rotweiler disponíveis para reserva
Kz350,000.00 (Negociável)
Topo